SEMINÁRIO INOVANÇAS NO MUSEU DO AMANHÃ DISCUTE CRIAÇÕES BRASILEIRAS
Publicado em: Brasília, 15 de agosto de 2017

A necessidade de errar, de valorizar a tecnologia social e como os brasileiros inovam no país serão os três grandes temas do seminário “Inovanças: a inovação feita no Brasil”, que acontece nesta quarta-feira (16/8), das 9h30 às 14h30, no auditório do Museu do Amanhã. Saiba mais e inscreva-se aqui.

O seminário é um desdobramento da exposição “Inovanças – Criações à Brasileira”, que já recebeu mais de 120 mil visitantes em três meses. O satélite Amazonia-1 é um dos 40 projetos que fazem parte da exposição e se destaca por ter uma réplica instalada em frente ao Museu do Amanhã, em área de acesso livre e de intenso movimento no Rio de Janeiro.

Em cartaz até 22 de outubro, a exposição “Inovanças – Criações à Brasileira” é um reflexo do povo brasileiro que, em meio a adversidades, procura novas maneiras de se criar e de se reinventar. Que dribla dificuldades e, de um jeito único e inovador, vê oportunidade no imprevisto.

Amazonia-1 – Desenvolvido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o Amazonia-1 é o primeiro satélite de observação da Terra completamente projetado, integrado, testado e operado pelo Brasil.

Com lançamento previsto para 2018, o satélite permitirá a melhora nos dados de alerta de desmatamento na Amazônia e, também, fornecerá imagens frequentes das áreas agrícolas brasileiras, entre outras aplicações de monitoramento ambiental.

Os dados estarão disponíveis tanto para comunidade científica e órgãos governamentais quanto para usuários interessados em uma melhor compreensão do ambiente terrestre.

O Amazonia-1 é o primeiro construído a partir da Plataforma Multimissão (PMM), estrutura inovadora desenvolvida pelo INPE, capaz de se adaptar aos propósitos de diferentes missões e, assim, reduzir custos de projetos espaciais.

Mais informações: www.inpe.br/amazonia-1

Fonte: Inpe