SATÉLITE VAI MELHORAR SERVIÇOS DE EDUCAÇÃO E SAÚDE, DIZ MINISTRO A PREFEITOS DO CODIVAP
Gilberto Kassab destacou que SGDC potencializará o programa Cidades Inteligentes, que leva fibra óptica de alta capacidade para conectar órgãos públicos e oferecer pontos de acesso gratuito à internet nos municípios.
Publicado: 7/04/2017

A ampliação da oferta de banda larga com a entrada em operação do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC) vai melhorar a qualidade dos serviços públicos nas cidades brasileiras. A afirmação foi feita pelo ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, em encontro com prefeitos de municípios que integram o Consórcio de Desenvolvimento Integrado do Vale do Paraíba (Codivap), nesta quinta-feira (6).

Kassab ressaltou que, com o SGDC, a capacidade de conexão à internet de alta velocidade será multiplicada em todo o território nacional. Equipamentos públicos de saúde e educação e prédios governamentais, por exemplo, serão interligados à banda larga, beneficiando o cidadão.

“Os serviços de banda larga são cada vez mais requisitados, e o Satélite Geoestacionário tem uma capacidade impressionante de ofertar esse produto em todo o território nacional. Ele vai ajudar muito as cidades a oferecerem serviços de qualidade para o cidadão”, afirmou o ministro.

O SGDC também vai “potencializar” o programa Cidades Inteligentes, criado para levar aos municípios uma rede de fibra óptica de alta capacidade para conectar órgãos públicos e oferecer pontos de acesso gratuito à internet. De acordo com o ministro Gilberto Kassab, o MCTIC vai reabrir o prazo para que cidades de todo o país possam aderir à plataforma.

“Esta é uma pauta que levantamos como prioritária. Não tem como fazer uma gestão adequada sem tecnologia. Termos acesso ao programa Cidades Inteligentes será muito útil para que possamos gerir melhor os nossos municípios e darmos mais qualidade no atendimento às necessidades dos cidadãos”, disse o presidente do Codivap e prefeito de Santo Antônio do Pinhal, Clodomiro Correia de Toledo Junior.

 

Fonte: MCTIC