REDE CLIMA DISCUTE AVANÇOS E RESULTADOS
Publicado em: Brasília, 1 de julho de 2011

A Rede Brasileira de Pesquisas sobre Mudanças Climáticas Globais (Rede Clima) apresenta nesta segunda-feira (4/7) os avanços e resultados obtidos até o momento. A reunião será no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em São José dos Campos (SP), com a participação dos coordenadores das dez sub-redes que compõem o programa – Agricultura, Biodiversidade e Ecossistemas, Cidades, Desenvolvimento Regional, Economia, Energias Renováveis, Modelagem Climática, Recursos Hídricos, Saúde e Zonas Costeiras.

Na oportunidade, serão apresentadas três novas sub-redes de pesquisa, criadas em maio deste ano: Desastres Naturais, Oceanos e Serviços Ambientais dos Ecossistemas. A reunião é restrita aos participantes.

Instituída pelo Ministério da Ciência e Tecnologia no final de 2007, a Rede Clima tem sede no Inpe e sua missão é gerar e disseminar conhecimentos para que o Brasil possa responder aos desafios representados pelas causas e efeitos das mudanças climáticas globais.

A Rede Clima constitui-se em fundamental pilar de apoio às atividades de Pesquisa e Desenvolvimento do Plano Nacional de Mudanças Climáticas do governo federal, que tem balizado a identificação dos obstáculos e dos catalisadores de ações. Enseja o estabelecimento e a consolidação da comunidade científica e tecnológica preparada para atender plenamente às necessidades nacionais de conhecimento, incluindo a produção de informações para formulação e acompanhamento das políticas públicas sobre mudanças climáticas e para apoio à diplomacia brasileira nas negociações sobre o regime internacional de mudanças climáticas.