PROJETOS DESENVOLVIDOS PELA FAB SÃO DESTAQUES EM FÓRUM NO RN
Publicado em: Brasília, 29 de julho de 2011

Dois projetos desenvolvidos no Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI) foram destaque no I Fórum de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação, realizado entre os dias 20 e 21 de julho. O evento, promovido pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), por meio do Centro Regional Nordeste, sediado em Natal, teve como objetivo apresentar à comunidade acadêmica os projetos aprovados pelo Edital AEB/MCT/CNPq N° 033/2010. Ao todo, foram apresentados 32 trabalhos relacionados a 13 projetos aprovados.

Um dos projetos desenvolvidos no CLBI foi o de implantação do Sistema de Gestão Integrada no CLBI, coordenado pela Engenheira Maria Goretti Dantas e apresentado no fórum pela bolsista Joyce Celestino, tecnóloga em meio ambiente e mestre em engenharia da Produção. O outro estudo apresentado foi o do Museu do CLBI, coordenado pelo Engenheiro Keble Danta Rolim, cuja apresentação ficou a cargo da bolsista Carmem Spínola, jornalista e mestre em Linguística Aplicada.I Fórum de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação

Na abertura do evento estiveram presentes o Coronel Aviador Luiz Guilherme Silveira de Medeiros, diretor do CLBI; o chefe do Inpe CRN, Manoel Jozeane Mafra de Carvalho; o representante do diretor nacional do Inpe, Joo Braga; Jackson Maia, representando o diretor da Agência Espacial Brasileira (AEB); a professora Angela Paiva Cruz, reitora da UFRN; e a presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Norte (Fapern).

O Fórum proporcionou discussão, troca de conhecimentos e interação entre pesquisadores, alunos, colaboradores e professores, contando, ainda com a participação de servidores do Inpe São José dos Campos, que puderam contribuir com as discussões, relatando suas experiências, no sentido de amadurecimento dos estudos.

Durante o fórum, o Coronel Aviador Medeiros destacou a importância da participação do CLBI em eventos dessa natureza, o que, segundo ele, possibilita a aproximação entre a Universidade, o setor produtivo e a sociedade como um todo, abrindo novas perspectivas para o fortalecimento do desenvolvimento científico e tecnológico no país.