O VSB-30 (Veículo de Sondagem Booster – 30)  é um veículo suborbital com dois estágios a propulsão sólida com capacidade de transportar cargas úteis científicas e tecnológicas, de até 400 kg, para experimentos na faixa de 270 km de altitude. Para experimentos em ambiente de microgravidade, o VSB-30 permite, como especificado, que a carga útil permaneça cerca de seis minutos acima da altitude de 110 km. O veículo possui 12 metros de comprimento e mais de duas toneladas.

O VSB-30 nasceu de uma consulta do Centro Aeroespacial Alemão (DLR) ao Instituto de Aeronáutica e Espaço (CTA/IAE) sobre a possibilidade de desenvolver um propulsor a ser utilizado como booster (motor de decolagem) para o veículo de sondagem VS-30, de forma a incrementar sua performance para emprego no Programa Europeu de Microgravidade e do interesse da Agência Espacial Brasileira (AEB) em desenvolver experimentos na área de microgravidade. O seu desenvolvimento foi iniciado em 2001 e o primeiro voo ocorreu em 23 de outubro de 2004, no Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), durante a Operação Cajuana.

O primeiro lançamento em solo europeu ocorreu em dezembro de 2005, com o voo do VSB-30 V02, transportando a carga útil Texus EML 1, a partir do Centro de Lançamento de ESRANGE em Kiruna, Suécia.

O processo de certificação do VSB-30 junto ao Instituto de Fomento e Coordenação Industrial (IFI) foi realizado com base na Resolução n.º 60, de 17 de maio de 2004, do Conselho Superior da Agência Espacial Brasileira, e na ICA 80-2, aprovada pela Portaria n.º 699/GC3, de 6 de julho de 2006, do Comando da Aeronáutica.

As características físicas principais do veículo são:

TABELA VSB 39

LANÇAMENTO DO VSB-30

Figura 1 – Lançamento do VSB-30 – v14, em ESRANGE –  Suécia.

TABELA VSB 30

TABELA VSB 30-1