A cooperação espacial entre Brasil e França começou nos primeiros anos de atividades espaciais brasileiras, na década de 1960. Desde então, a parceria da AEB com o Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES) avançou significativamente, em particular no campo da pesquisa científica. Em 2005, as duas agências firmaram Programa de Cooperação relativo à participação do Brasil no projeto Convecção, Rotação e Trânsito Planetários (Corot), que resultou em pesquisas no domínio da asterossismologia e de exoplanetas.

Em abril de 2017, foi lançado o Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas (SGDC), projeto de relevância na cooperação entre os dois países e importante ferramenta de inclusão social para o Brasil. O SGDC é o único satélite geoestacionário capaz de prover Internet ao interior do Brasil. Sua capacidade de dados, de 60 Gigabits por segundo, é mais que o dobro de todos os outros satélites geoestacionários que operam no país juntos. Com esse satélite, a Telebras poderá levar a Internet a todas as escolas e hospitais do Brasil com apoio das operadoras de telecomunicação. O SGDC é também ativo importantíssimo para a segurança nacional, permitindo que, pela primeira vez, as Forças Armadas utilizem comunicações satelitais operadas por brasileiros e utilizando um satélite completamente nacional. A construção do satélite também contribuiu para o avanço da indústria espacial do país. No contexto do projeto SGDC, a AEB liderou o Processo de Absorção de Tecnologia, por meio do qual brasileiros foram treinados na França em engenharia espacial, e o Programa de Transferência de Tecnologia, pelo qual as empresas espaciais brasileiras receberam tecnologias transferidas da empresa francesa responsável pela construção do SGDC. O programa ToT tem potencial para revolucionar a indústria espacial brasileira, colocando-a em patamar internacional de qualidade.

2014

Programa de Cooperação em Educação Espacial entre a AEB, ASTRIUM, SAFRAN, Instituto Superior de Aeronáutica e do Espaço da França, Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) e Universidade de Brasília. Cria missões de ensino e tutoria no “Projeto de Veículo Lançador da Astrium e Safran para Estudantes Brasileiros”. Assinado em 11 de junho de 2014.

2013

Programa de Cooperação entre AEB e CNES para a formação de especialistas em áreas espaciais de interesse para o Brasil. Promove a formação de recursos humanos qualificados em áreas espaciais, bem como o intercâmbio de especialistas em projetos de interesse comum, com bolsas do Programa Ciências sem Fronteiras. Assinado em 10 de outubro de 2013.

2011

Protocolo relativo à utilização dos meios de telemedidas situados sobre o território brasileiro (Centro de Lançamento da Barreira do Inferno) em proveito dos lançamentos Ariane, Soyuz e Vega entre a Agência Espacial Brasileira (AEB), o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) e o Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES). Novembro de 2011.

2008

Projeto Específico entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e o Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES) relativo à Cooperação na área do Clima e do ciclo de água Global Precipitation Measurement (GPM). Rio de Janeiro, 23 dezembro.

Projeto Específico entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e o Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES) relativo à cooperação na área da tecnologia dos sistemas espaciais aplicadas às plataformas multimissão (PMM). Rio de Janeiro 23 dezembro.

Projeto Específico entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e o Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES) relativo à cooperação na área do Projeto SGB. Rio de Janeiro, 23 de dezembro.

Programa Quadro Específico de Cooperação na Área Espacial entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e o Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES). Rio de Janeiro, 23 dezembro.

2007

Programa específico de cooperação entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e o Centro Nacional de Estudos Espaciais relativo à execução de campanhas de voos de balões estratosféricos em território brasileiro. Brasília, 13 de junho.

2005

Programa Específico de Cooperação entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e o Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES) relativo à participação do Brasil na Missão COROT. Paris, 14 de julho.

Protocolo de intenções entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo da República Francesa referente à cooperação na área de tecnologias avançadas e suas aplicações. Paris, 15 de julho.

2004

Ajuste assinado entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e o Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES), complementar ao acordo de aooperação técnica e científica assinado entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo da República Francesa, sobre balões estratosféricos. Paris e Brasília, 28 de outubro.

1997

Acordo-Quadro entre o Governo da República Federativa do Brasil e o Governo da República Francesa sobre a cooperação na pesquisa e nos usos do espaço exterior para fins pacíficos. Assinado pelos chanceleres Luiz Felipe Lampreia e Hubert Vedrini, no dia 27 de novembro de 1997, em Paris.

1996

Entendimento Específico de Cooperação entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e o Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES) para o desenvolvimento de um microssatélite. Assinado pelos presidentes das respectivas Agências, Luiz Gylvan Meira Filho e Alain Bensoussan, no dia 28 de maio de 1996, em Paris, durante a visita do Presidente Fernando Henrique Cardoso à França.

1995

Entendimento Específico de Cooperação entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e o Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES) para sistemas de propulsão em minissatélites. Assinado pelos Presidentes da Agência Espacial Brasileira ( AEB), Luiz Gylvan Meira Filho, e do Centro Nacional de Estudos Espaciais ( CNES), André Lebeau, no dia 16 de junho de 1995, em Paris.

Memorando de Entendimento que estabelece um Quadro de Cooperação em atividades espaciais entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e o Centro Nacional de Estudos Espaciais (CNES). Assinado por Luiz Gylvan Meira Filho, Presidente da AEB, e André Lebeau, Presidente do CNES, no dia 16 de junho de 1995, em Paris.