PRESIDENTE DA AEB FALA SOBRE A RELAÇÃO ENTRE O PROGRAMA ESPACIAL E O DESENVOLVIMENTO DO MARANHÃO.
Publicado em: Brasília, 27 de novembro de 2008

O que o programa espacial proporcionará ao estado do Maranhão, sede do principal centro de lançamento do País? Essa pergunta será o tema da palestra que o presidente da Agência Espacial Brasileira (AEB), Carlos Ganem, irá proferir no II Seminário de Tecnologias Estratégicas Brasil e Itália, realizado em São Luiz (MA). O evento, organizado pelo Conselho Nacional de Secretários Estaduais para assuntos de Ciência e Tecnologia (Consecti), acontece nos dias 27 e 28 de novembro, no hotel Grand São Luiz.

A abertura do seminário às 9h30, contará com a presença do presidente da AEB, do governador do Maranhão, Jackson Lago, do ministro da Ciência e Tecnologia, Sérgio Rezende e do astronauta, Marcos Pontes, entre outras autoridades.

Visita do Astronauta
Cerca de 400 pessoas foram ao pavilhão de exposições para ouvir o astronauta Marcos Pontes contar sobre sua viagem espacial. A convite da AEB, Pontes falou sobre a Missão Centenário onde realizou oito experimentos da comunidade científica brasileira. “Aqui, não damos muita atenção a esses cientistas. Eu gosto de dizer o nome de cada um. Eles foram bastante reconhecidos fora do País pela excelência das suas pesquisas”, disse Pontes.

Em seguida, o astronauta recebeu fãs e curiosos no estande da AEB, montado na mostra da Amazontech. Estima-se que durante 40 minutos, mais de 300 pessoas tenham passado pelo estande.

Amazontech
Em um estande de 32m², a AEB apresentará ao público, réplicas do Veículo Lançador de Satélites (VLS) e do Veículo de Sondagem Booster (VSB-30). Os foguetes originais deverão ser lançados do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) em 2009 e 2011, respectivamente. Uma maquete do Satélite de Coleta de Dados (SCD), também faz parte da mostra.

A empresa brasileira-ucraniana Alcântara Cyclone Space (ACS) participa junto com a AEB. Eles apresentarão, pela primeira vez, no Maranhão, a réplica do foguete ucraniano Cyclone 4, que será lançado de Alcântara (MA), a partir de 2010. O objetivo da ACS é comercializar a venda de lançamentos de satélites a países interessados. O primeiro lançamento deverá levar um nanosatélite japonês.

Para jovens e crianças, a AEB preparou mini-oficinas e lançamentos de foguetes didáticos ao longo da exposição, que vai até o dia 29, sábado, das 14h às 21h. A entrada é franca.