OBSERVATÓRIO EM UNIVERSIDADE AJUDA A MONITORAR CLIMA ESPACIAL
Publicado em: Brasília, 9 de outubro de 2013

Brasília 09 de Outubro de 2013 – Observatório instalado há três meses no campus da Universidade Federal de Roraima (UFRR) possibilita ao Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em São José dos Campos (SP), monitorar a ionosfera no Norte do Brasil, a ocorrência de bolhas de plasma equatoriais nessa região e a atividade de ondas de gravidade na média atmosfera.

Os dados são recebidos em tempo real pelos pesquisadores do Programa de Estudo e Monitoramento Brasileiro do Clima Espacial (Embrace) do Inpe. Essa possibilidade é permitida pela digissonda DPS4 e câmera imageadora all-sky, cujas informações são utilizadas para aprimorar as pesquisas e o monitoramento do clima espacial.

A parceria entre o Inpe e a UFRR também contempla a realização de projetos científicos orientados em conjunto por pesquisadores do instituto e professores da universidade. Os dados do monitoramento, bem como os resultados das atividades do Embrace, estão disponíveis no endereço www.inpe.br/climaespacial.

Fonte: Ascom/Inpe