INPE PROMOVE CURSO SOBRE GEOTECNOLOGIA NO ENSINO
Publicado em: Brasília, 19 de agosto de 2009

Com o objetivo de capacitar profissionais da Educação Básica para o uso de geotecnologias – sensoriamento remoto e sistema de informações geográficas -, o Instituto de Pesquisas Espaciais Brasileiras (Inpe), promove, de 14 de setembro a 14 de dezembro, o curso a distância sobre “Geotecnologia no Ensino”.
Serão oferecidas 30 vagas. As inscrições terminam no dia 31, na página internet http://www.dpi.inpe.br/ead/geo_ensino/inscricao.html. Os selecionados receberão, em 2 de setembro um e-mail com as instruções para o pagamento do curso – R$ 280 à vista no R$300 divididos em duas vezes. De acordo com o Inpe, o valor arrecadado servirá para cobrir despesas administrativas, com material didático e postagens. Além do material online, os participantes receberão, pelo Correio, o livro “Iniciação em Sensoriamento Remoto”, de Teresa Florenzano e o CD-ROM educacional “Aplicações para a Preservação, Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia”, de Nelson Dias.
De acordo com a organizadora e coordenadora, Tereza Florenzano, desde 1998 o Inpe oferece cursos para professores do Ensino Básico. Alguns, inclusive, são realizados em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB). “Todos, no entanto, são presenciais. Este é o primeiro voltado para professores do ensino básico na modalidade a distância”, diz.
Entre os principais temas a serem abordados, destacam-se os fundamentos de sensoriamento remoto; sensores e satélites; interpretação de imagens de sensores remotos; processamento de imagens de sensores remotos; aplicações de dados de sensores remotos e orientação para a elaboração de projeto educacional.
Além de Teresa Florenzano, pesquisadora titular III da Divisão de Sensoriamento Remoto (DSR) – Inpe, o corpo docente é formado Elisabete Caria Moraes, tecnologista senior III da DSR-INPE; Hilcéa Santos Ferreira, tecnologista senior III, da Divisão de Processamento de Imagens (DPI) – INPE e Suely Franco Siqueira Lima, especialista em Sensoriamento Remoto pelo Instituto.
Ao final, cada professor deverá desenvolver uma atividade-projeto com seus alunos e enviar os resultados para avaliação. O aluno que obtiver aprovação (nota mínima 6.0) e enviar o resultado da atividade-projeto na data prevista, receberá, pelo Correio, o certificado emitido pelo Inpe por meio do Serviço de Treinamento e Desenvolvimento.

Serviço: informações no site http://www.dpi.inpe.br/ead/geo_ensino/index.html.