INPE E NASA DISCUTEM PROJETOS NAS ÁREAS DE HELIOFÍSICA E DE CLIMA ESPACIAL
Publicado em: Brasília, 13 de abril de 2017

O desenvolvimento de um nanossatélite para estudos de bolhas de plasma na ionosfera e o avanço na cooperação nas áreas de heliofísica e de clima espacial serão discutidos por especialistas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e da NASA, a agência espacial dos Estados Unidos, durante workshop entre os dias 17 e 21 de abril.

Realizado na sede do INPE, em São José dos Campos (SP), o evento fomentará a colaboração científica especialmente nas áreas de magnetosfera, ionosfera e da física solar, planetária e interplanetária. Também abordará a missão SPORT – Scintilation Prediction Observations Research Task, que utilizará um nanossatélite da classe cubesat para estudar as relações entre as irregularidades no plasma em altitude de satélites com as cintilações de rádio observadas na região equatorial da ionosfera.

A missão SPORT é coordenada pelo Marshall Space Flight Center, da NASA, em parceria com o INPE e o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

O INPE realiza pesquisas sobre a interação Sol-Terra através de observações por satélites, entre outros instrumentos, e mantém o Programa de Estudo e Monitoramento Brasileiro do Clima Espacial (Embrace).

“Atualmente o INPE e a NASA têm um acordo de colaboração em andamento na área de heliofísica e clima espacial”, diz Walter Gonzalez, da Coordenação de Ciências Espaciais e Atmosféricas (CEA) do Instituto, referindo-se à parceria no âmbito das missões Van Allen Probes e Magnetospheric Multiscale Satellites (MMS), lideradas pela agência dos Estados Unidos, que fornecem informações aos pesquisadores brasileiros.

Segundo Gonzalez, o objetivo é estender a colaboração a outros projetos. “Receberemos pesquisadores muito experientes dos centros Goddard e Marshall, da NASA, interessados em colaborar com o INPE”.

Mais informações sobre o workshop: www.inpe.br/inpe-nasa

Fonte: Inpe Notícias