FUTUROS ENGENHEIROS DO ITA CONHECEM ESTRUTURA DA BASE DE ALCÂNTARA (MA) 
Publicado em: Brasília, 1 de setembro de 2017

O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA) recebeu na última semana 24 e 25 de agosto, 35 aspirantes a oficial do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA). A visita teve como objetivo apresentar a organização militar da Força Aérea Brasileira (FAB), responsável pelo lançamento e rastreio de engenhos aeroespaciais. Participaram da atividade os alunos do 5º ano dos seis cursos de graduação em engenharia do ITA.

A visita começou com uma apresentação institucional do diretor do CLA, o coronel engenheiro, Luciano Valentim Rechiuti, que destacou a “Consolidação do Centro Espacial de Alcântara (CEA) abordando questões histórica, estrutural, operacional, social, político e econômico do Centro.

A visita realizada no CLA faz parte do “Estágio de Preparação Militar”, ministrado pelo Centro de Preparação de Oficiais da Reserva da Aeronáutica de São José dos Campos (CPORAER-SJSP) e das Atividades do Currículo Mínimo de Estágio dos Aspirantes a Oficial do ITA do 3º e 4º ano.  A atividade tem a finalidade de incentivar os futuros oficiais engenheiros a seguir carreira na FAB, além de abordar a missão e as oportunidades de atuação nas organizações militares.

“Com o aumento das atividades de lançamento do CLA no futuro, consequentemente necessitaremos de mão-de-obra qualificada na área espacial. Por isso é necessário estar trabalhando no Centro, engenheiros que tenham a oportunidade de se formar não apenas no Maranhão, mas também no ITA”, explicou o coronel Luciano.

Os estudantes conheceram no Setor de Comando e Controle (SCC), o Centro de Controle, coordenação das operações de lançamento, o Centro de Tratamento de Dados e Localização (CTDL), geração de informações gráficas do voo do foguete, as estações de Meteorologia, análise e previsão meteorológica, Telemedidas, coleta de dados em voo e o Radar Adour de rastreio do foguete em voo.

Infraestrutura – No Setor de Preparação e Lançamento (SPL), os estudantes viram in loco a infraestrutura do Prédio de Preparação de Propulsores (PPP), local onde são preparados os motores dos foguetes. Eles também conheceram o Centro de Controle Avançado (CAV), estação na área operacional responsável pelo acompanhamento das atividades junto às plataformas de lançamento e segurança em solo. Ainda no SPL, os estudantes visitaram a Torre Móvel de Integração (TMI), a plataforma de operações do Veículo Lançador de Microssatélites (VLM), principal projeto atualmente relacionado a foguetes do Programa Espacial Brasileiro (PEB).

O tenente-coronel aviador Nogueira, do CPORAER-SJ que acompanhou os aspirantes, na viagem à Alcântara, disse que a visita é importante para eles conhecerem as unidades da Força Aérea, principalmente os locais onde trabalham engenheiros qualificados”, explicou.

“Com o conteúdo acadêmico do ITA, começamos a conhecer as necessidades da Força e os desafios enfrentados nas unidades”, comentou o aspirante a oficial engenheiro aeronáutico, Amós.

A aspirante a oficial engenheira mecânica-aeronáutica, Eduarda considera extremamente importante a visita. “Conhecer Alcântara é fundamental para minha carreira, já que um dia posso vir a trabalhar aqui e auxiliar no crescimento do Brasil”, completou.

Foto e fonte: CLA