FOGUETE BRASILEIRO CONTRIBUI PARA SUCESSO DE MISSÃO CIENTÍFICA
Publicado: 23/02/2015

Brasília, 23 de fevereiro de 2015 – Utilizando o foguete de sondagem VS-30/Orion V11, cujo primeiro estágio é um motor brasileiro, a Agência Espacial Europeia (ESA) realizou com sucesso um experimento atmosférico batizado de ICI-4, voltado a investigar os efeitos dos fenômenos da aurora boreal nos sistemas de navegação e comunicação por satélite que atuam sobre a região da América do Norte.

O foguete foi lançado às 23h06 (hora local) de quinta-feira (19) da base de Andoya, na Noruega. Encontrando as causas das interferências, os pesquisadores estão certos de que poderão estabelecer um sistema de previsão de clima espacial mais confiável e reduzir os efeitos sobre as comunicações por satélites.

Ao todo a carga útil transportada foi formada de oito experimentos de responsabilidade de grupos de pesquisa do Japão, Noruega, França e Canadá. O foguete atingiu um apogeu de 364 quilômetros.

A Agência Espacial Brasileira (AEB), o Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) e o Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) são as entidades nacionais envolvidas no evento.

CCS-AEB

Foto: Divulgação/Andoya Space Center – Foguete VS-30/Orion em preparo para lançamento.