ESPECIALISTAS DO INPE DISCUTEM NORMAS PARA ATIVIDADES ESPACIAIS
Publicado em: Brasília, 15 de junho de 2011

Através da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) e com o apoio da Agência Espacial Brasileira (AEB), o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) participa da elaboração de normas nacionais e internacionais para a área espacial.

Em Berlim, Alemanha, especialistas do Laboratório de Integração e Testes (LIT) do Inpe e do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) representaram o Subcomitê Brasileiro de Atividades Espaciais da ABNT em duas importantes reuniões da ISO – International Organization for Standartization, que desenvolve e publica normas internacionais em várias áreas da tecnologia.

A 21ª Reunião Plenária do subcomitê ISO/TC20/SC14 – Space Systems and Operations e a 39ª Reunião Plenária do subcomitê ISO/TC20/SC13 – Space Data and Information Transfer System aconteceram entre os dias 23 e 26 de maio. Patrocinadas pelo DLR, o centro aeroespacial alemão, ambas as reuniões foram realizadas nas instalações do DIN – Deutsches Institut für Normung (Instituto Alemão para Normatização).

As reuniões dos subcomitês da ISO são promovidas anualmente em diferentes países. A próxima plenária do subcomitê ISO/TC20/SC14 será no Brasil, em 2012.

Ao longo da última década, a ISO tornou-se o fórum mundial para a normatização na área espacial, graças às atividades dos subcomitês 13 e 14 do Comitê Técnico 20 – Aircraft and Space Vehicles. Até o momento, foram publicadas 140 normas sobre o tema.

O Brasil, através da ABNT, tem participado como membro dos subcomitês da ISO, com especialistas do Inpe, DCTA, AEB, universidades e iniciativa privada. Estes colaboram, também, em comissões do plano de trabalho da própria ABNT, que produziu nos últimos anos 45 normas espaciais.