DEMANDA DO PROGRAMA INOVA AERODEFESA SUPERA EM 4,4 VEZES VALOR DO EDITAL
Publicado em: Brasília, 3 de julho de 2013

Brasília, 3 de julho de 2013 – A demanda do Plano de Apoio Conjunto Inova Aerodefesa, lançado recentemente pela FINEP, em parceria com o BNDES, Ministério da Defesa e Agência Espacial Brasileira (AEB), superou em 4,4 vezes a verba de R$ 2,9 bilhões disponível no edital. Ao todo, foram encaminhadas 285 cartas de manifestação de interesse, das quais 90 de empresas líderes, 117 de empresas parceiras e 78 de Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs). As propostas totalizaram cerca de R$13 bilhões.

No dia 22 de julho, será divulgada a lista das empresas líderes enquadradas pelo Comitê de Avaliação e que estarão aptas a apresentar os planos de negócios e participar do workshop de instrução e fomento de parcerias, a ser realizado no dia 27 de agosto, em São Paulo, juntamente com as empresas parceiras e as ICTs cadastradas. A finalidade do edital é selecionar planos de negócio de empresas brasileiras que contemplem projetos de inovação nas quatro linhas temáticas:  Aeroespacial, Defesa, Segurança e Materiais Especiais. A ideia é incentivar o adensamento de toda a cadeia produtiva destes setores, considerados estratégicos dentro do Plano Inova Empresa, do Governo Federal.

O Programa Inova Empresa está sendo conduzido pelo Departamento das Indústrias Aeroespacial, Defesa e Segurança, lotado na Superintendência Regional de São Paulo. Contatos com relação a este programa devem ser direcionados para o e-mail cp_inova_aerodefesa@finep.gov.br.