CLBI REALIZA CRONOLOGIA SIMULADA DA OPERAÇÃO CAMURUPIM
Publicado em: Brasília, 10 de maio de 2011

Foi realizada, hoje (10), no Centro de Lançamento da Barreira do Inferno (CLBI), no Rio Grande do Norte, o treinamento operacional para o lançamento do foguete Orion V4, que faz parte da Operação Camurupim. O objetivo da simulação é treinar a equipe e fazer verificação do cumprimento do tempo previsto para cada etapa da cronologia de lançamento.

Segundo o Coordenador Geral da Operação, coronel Avandelino Santana Junior, o ensaio é necessário para que todas as interfaces que interagem na operação de lançamento (pessoal, equipamento, condições climáticas) sejam avaliadas para evitar imprevistos em um lançamento real. “A diferença entre a operação em si e a simulação cronológica é somente que o foguete não será lançado. Mas todos os outros testes serão feitos visando o sucesso da operação”, relatou.

A cronologia estava marcada para ontem (9), mas foi adiada por razões climáticas. A forte chuva que caiu na região impossibilitou a execução da simulação. A primeira tentativa de lançamento do foguete ocorrerá amanhã (11).

O tempo da cronologia simulada da operação até o instante que seria o de lançamento foi de cinco horas. O tempo estimado para duração de voo é de 320 segundos com apogeu de 105 quilômetros ( os dados podem variar dependendo da elevação utilizada no lançador móvel definida de acordo com as condições climáticas).

Operação Camurupim – Durante a Operação Camurupim, que será realizada amanhã (11), será lançado foguete alemão Orion 4, equipado com carga útil tecnológica desenvolvida pela Agência Espacial Alemã (DLR, sigla em alemão) com finalidade de receber operacionalmente o Lançador Móvel de Foguetes de Sondagem, fabricado na Alemanha, que o CLBI recebeu recentemente.