ANTENA VAI AUMENTAR CAPACIDADE DE OPERAÇÃO DO CLA
Publicado em: Brasília, 7 de dezembro de 2017

O Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no Maranhão, inaugurou na manhã da última quarta-feira (06.12) as instalações da Estação Redundante de Telemedidas do Sítio da Raposa, unidade operacional do Centro de Lançamento. Com recursos da ordem de R$ 5 milhões, investidos pela Agência Espacial Brasileira (AEB), a nova antena de Telemedidas tem a função de, durante o lançamento de um foguete, receber via telemetria informações enviadas para a estação em terra, onde serão registradas e gravadas para análise.

Com a inauguração da nova estação, no Sítio da Raposa, o CLA passa a contar com mais uma antena de telemedidas, além das duas já existentes e operadas em Alcântara. De tecnologia francesa, a nova antena instalada possui 7,3 metros de diâmetro e opera em banda S (faixa de frequência destinada a rastreio de veículos espaciais).

“Com a aquisição desta antena o CLA melhora a sua capacidade de rastreio de veículos espaciais, além de aumentar sua confiabilidade, colocando-o no patamar dos melhores centros de lançamento, nesse quesito”, afirma o servidor Raimundo Nonato Bezerra Brasileiro, Analista em Ciência e Tecnologia e chefe da Estação Redundante de Telemedidas da Força Aérea Brasileira (FAB), responsável pelo lançamento e rastreio de engenhos aeroespaciais.

O primeiro teste real da nova antena acontece durante toda a semana, com a realização da segunda fase da Operação Águia I, com previsão para lançamento nesta quinta-feira (07/12) de um Foguete de Treinamento Básico (FTB), em Alcântara, a última operação do ano de 2017 realizada pelo CLA.

Para celebrar a nova instalação operacional do CLA, foi realizada uma cerimônia de descerramento de placa, que contou com a presença do Diretor e Vice-Diretor do Centro, além de servidores civis que trabalham no local. No evento, o Coronel Engenheiro Luciano Valentim Rechiuti, Diretor do CLA, destacou o empenho de toda equipe envolvida desde a aquisição dos novos equipamentos da estação, passando pela execução da obra de engenharia civil até a instalação definitiva e testes da antena de telemedidas, gravadores e demais equipamentos que passam a compor a Estação Redundante de Telemedidas do Sítio da Raposa

Fonte: CLA