AEB TEM NOVA DIRETORIA
Publicado em: Brasília, 5 de agosto de 2008

A Agência Espacial Brasileira (AEB) completou, nessa semana, o quadro de direção com a posse do diretor de Planejamento e Administração, Renato Araújo Júnior. Nos últimos dias foi empossado, ainda, o diretor de Transporte Espacial e Licenciamento, Major-Brigadeiro Antonio Hugo Pereira Chaves. Thyrso Villela assumiu em abril a diretoria de Satélites e Aplicações e Himilcon Carvalho se manteve no cargo de diretor de Política Espacial e Investimentos Estratégicos.

Veja o perfil de cada um:

Renato Araújo Júnior – Advogado, Engenheiro Civil e Tecnólogo Mecânico. Durante sua vida profissional foi diretor de Administração na Companhia Docas do Rio de Janeiro, gerente de projetos na Subsecretaria de Assuntos Administrativos do Ministério da Saúde, coordenador-geral de Infra-Estrutura de Trânsito do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e exerceu o cargo de chefe de gabinete no Tribunal Regional Federal da 1° Região.

Foi, também, conselheiro do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), conselheiro do Conselho das Cidades, gerente-executivo para implementação do Instituto Nacional do Semi-Árido (Insa) e representante do governo brasileiro no Comitê da Indústria Automotriz – SGT-3/MERCOSUL, entre outras atividades.

Hugo Chaves – Major-Brigadeiro Antonio Hugo Pereira Chaves foi cadete da Academia da Força Aérea (AFA), em 1967. Concluiu todos os cursos acadêmicos da carreira de oficial-aviador, além do curso que o qualifica como Piloto Operacional em Reconhecimento e Ataque. Cursou Engenharia Eletrônica no Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA) e é Doutor Engenheiro em automatismo pela Escola Nacional Superior de Aeronáutica e Espaço (ENSAE), que fica em Toulosse (França).

Orientador Acadêmico nos Cursos de Pós-Graduação do Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), foi, também, diretor do Instituto de Estudos Avançados (IEAv), Gerente do Projeto do Veículo Lançador de Satélites (VLS 1), diretor do Instituto de Aeronáutica e Espaço e presidente da Comissão de Aeroportos da Região Amazônica. Possui 20 condecorações nacionais.

Thyrso Villela – É Pesquisador Titular da Divisão de Astrofísica do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e bolsista de produtividade em pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). É Bacharel em Física pela Universidade de Brasília, Mestre e Doutor em Astronomia pela Universidade de São Paulo. Realizou estágio doutorado-sanduíche na University of California, Berkeley, EUA, onde trabalhou no Space Sciences Laboratory e no Lawrence Berkeley National Laboratory. É professor do curso de pós-graduação em astrofísica do INPE; formou oito doutores e seis mestres.

Participou da construção de vários experimentos para detecção de microondas, raios X e raios gama de origem cósmica e do desenvolvimento de plataformas capazes de realizar apontamento e estabilização automáticos em vôo de instrumentação científica. Foi co-investigador no experimento HXRS, no satélite SAC-B. É autor de cerca de cinqüenta artigos científicos e técnicos publicados em periódicos internacionais nas áreas de astrofísica, física, pesquisa espacial, instrumentação científica e microondas, e de um livro paradidático de astronomia, publicado pela Editora Unesp, além de artigos de divulgação científica.

É membro da Sociedade Astronômica Brasileira, da qual foi presidente e secretário, da Sociedade Brasileira de Física, da Associação Aeroespacial Brasileira e da International Astronomical Union (IAU). Atualmente, é membro da Comissão Brasileira de Astronomia, que assessora e representa o CNPq junto à IAU.

Himilcon Carvalho – Formado em Engenharia Eletrônica, no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Himilcon de Castro Carvalho está, desde julho de 2004, à frente da Diretoria de Política Espacial e Investimentos Estratégicos (DPEI) da AEB.

Além de coordenar o Programa de Satélites Científicos e Experimentos do Inpe de 1999 a 2004, Himilcon trabalhou como engenheiro de sistemas espaciais e de confiabilidade nos projetos dos Satélites de Coleta de Dados (SCD 1 e SCD 2) daquele instituto.

Concluiu, na Ecole Nationale de l’ Aéronautique et de l’ Espace (SUP’AERO/Ensae), em Toulouse (França) cursos de especialização em Telecomunicações Espaciais e mestrado em Engenharia Eletrônica. O doutorado, na mesma área, foi cursado no Laboratoire d’Automatique et d’Analyse des Systèmes.