Notícias

Abertas inscrições para a 4ª edição do Programa KiboCUBE

Publicado em: 10/01/2019 16h53 Última modificação: 17/01/2019 18h23
Foto: Imagem ilustrativa do SERPENS no espaço.

A Agência Espacial Brasileira (AEB) informa que estão abertas as inscrições para a 4ª rodada do KiboCUBE. O programa é fruto de uma parceria entre o Escritório das Nações Unidas para Assuntos do Espaço Exterior (UNOOSA) e o governo do Japão.

Lançado em 2015, em cooperação com a Agência Espacial Japonesa (JAXA), o programa KiboCUBE oferece oportunidades para lançamento de CubeSats desenvolvidos em instituições educacionais ou de pesquisa de países em desenvolvimento que são Estados-Membros das Nações Unidas.

Os países que tiverem seus projetos aprovados terão seus dispositivos lançados a partir do módulo japonês Kibo, localizado na Estação Espacial Internacional (ISS). O Brasil já lançou três satélites a partir do módulo espacial Kibo: Tancredo-1, SERPENS-1 e AESP-14.

Atualmente, a única maneira de implantar CubeSats do ISS é de Kibo. A capacidade única da kibo é composta de um sistema de câmara e um braço robótico. A primeira implantação orbital de CubeSats de Kibo foi realizada com sucesso em outubro de 2012por meio do pequeno satélite Orbital Deployer desenvolvido pela JAXA. Desde então, nanosatélites e CubeSats de vários países ao redor do mundo têm sido implantados a partir de Kibo.

A implantação de CubeSats de ISS é mais fácil do que a implantação direta de um veículo de lançamento, graças ao ambiente de menor vibração durante o lançamento. Com esses requisitos de interface comparativamente menos exigentes, UNOOSA e JAXA acreditam que KiboCUBE irá diminuir o limiar das atividades espaciais e contribuirá para criar capacidade nacional em engenharia, nave espacial, design e construção.

Os interessados deverão encaminhar seus projetos ao Escritório das Nações Unidas para Assuntos do Espaço Exterior (UNOOSA), até 31 de janeiro de 2019. Mais informações, incluindo o anúncio de oportunidade e o formulário de inscrição, podem ser obtidas aqui

Coordenação de Comunicação Social (CCS)

Registrado em:
Assunto(s):
Voltar para o topo